A Incrível Arte de Saber Falhar

 Não mãe não vou comer isso. Nem aquilo, muito menos o verde ali. Essa é a minha batalha diária com meu filho mais velho. 

Eu não vou entrar no porquê e como. A questão aqui é que eu falho TODOS os dias como mãe, eu falho TODOS os dias como empreendedora. 

Todos os dias eu também acerto, porque eu sei que a minha derrota de ontem é a minha lição de hoje. 

Você já sentiu que não adianta o quanto você tenta, tem situações que não mudam?  Ou, já sentiu que suas escolhas foram erradas?  Que se não fosse por aquele caminho a sua situação podia estar melhor? 

Se sim, eu peço que pare e olhe para a sua vida de uma maneira diferente. 

Nossas escolhas acontecem, e as consequências acontecem. Na grande maioria das vezes nós não temos como saber que aquilo foi errado. 

Grande parte de nossa vida é ditada por coisas fora do nosso controle. 

A única coisa que podemos controlar é como reagimos a tais situações. 

O que me leva para a vida de empreendedor digital. 

Quando você decidir que quer ser uma empreendedora digital a decisão será tomada. 

A primeira ação que você fizer para concretizar esse desejo vai ser consequência da informação que está a sua frente, e essa informação pode estar certa, pode estar errada, ou ela podia estar certa a dez minutos atras e hoje, ela mudou, esta errada. 

Você não vai ter controle sobre o que será criado depois que você usar essa informação. 

Isso é com o destino. 

O seu trabalho é usar essa informação com a melhor das suas habilidades. Dar 100%, focar com foco a laser e depois, entregar na mão do destino. 

E eu posso te dizer, a primeira vez que você tentar, provavelmente o resultado vai ser aquele que você tinha mais medo. 

Mas vai estar tudo bem, porque o caminho tem que ser tortuoso, se ele não for você não aprenderá as lições certas. 

Por isso que falhar no mundo digital é na verdade evoluir. 

Nós não evoluímos quando tudo está certo, limpo, no lugar. 

Nós evoluímos quando somos colocados em uma situação tão complicada que a única saída é achar uma saída. 

E quando colocamos nosso cérebro para achar essa saída as conexões certas são feitas, e a evolução acontece. 

Então minha amiga empreendedora, a próxima vez que você fizer um anúncio no Facebook e ninguém entrar na sua lista, ou na próxima vez que você criar um post e ninguém apertar o like. Agradeça, agradeça porque amanhã você estará mais forte que hoje. 

Você Pode Mudar A Sua Vida

Você acorda um dia e não vê graça em levantar. Você odeia seu trabalho e parece que quanto mais você tenta se conectar com as pessoas mais sozinha você se sente.

Eu sei o que você está passando porque eu também passei por isso.

Saiba que não é só você, é uma epidemia.

Todos nós sabemos que temos um grande problema, mas as vezes o problema é tão grande que não vemos saída.

Eu estou aqui pra te dizer que tem saída e ela é mais fácil e está mais perto do que você jamais imaginou.

Ela está tão perto que você não consegue ver, sentir ou cheirar.

Essa solução é tão simples, mas as pessoas gostam de complicar. Uns dizem que é depressão, outros ansiedade. Eu digo que é desconexão.

Desconexão com a sua alma, com a nossa verdadeira natureza.

Como vamos solucionar esse problema?

Quando eu te contar a solução pode ser que você não acredite, pode ser que você fuja dela, ou pode ser que seja um grande alívio.

Pode ser aquela sensação de ver um velho amigo, sentir aquela alegria no peito de rever alguém tão amado, mas ao mesmo tempo ficar apreensivo pensando, e se ele não é o mesmo, e se ele tiver mudado tanto que nem nos reconheceremos.

Essa solução é igual. É como encontrar alguém amado e não saber como agir porque faz tanto tempo que não conversam.

Beautiful soul, a solução para os seus problemas se encontra em uma palavra, e nela apenas.

E essa palavra é CONSCIÊNCIA.

Para ter consciência é preciso ter presença, e para ter presença é preciso ter aceitação.

Quando você aceitar essa sua velha amiga, quando você aceitar que é ok ser do jeito que você é, que é ok querer mudar, e que é ok também ter medo. Você vai chegar no momento onde o velho não te serve mais, e com respeito e gratidão você vai se livrar daqueles pensamentos e comportamentos que não são bons para você.

E quando o novo vier você estará consciente e saberá que foi aquilo que você quis e foi aquilo que você buscou.

Se você quer jogar o velho fora, abraçar a sua experiencia, e as lições que a vida te ensinou. Se você acha que está na hora de mudar de direção e oferecer para o mundo os presentes que você guarda dentro de você, eu estou aqui.

Assim que você se sentir pronta para a sua nova aventura eu estarei por aqui.

Value ladder – Marketing Direto Que Vai Salvar O Seu Negócio

Você sabe o que é Value Ladder? No Brasil chamam de Escada de Valor…

Já que estou escrevendo para o Brasil vamos lá, a sua escada de valor.

Eu tenho um vídeo explicando exatamente o que é isso, mas para aqueles que preferem ler vamos lá.

Imagine que você quer aprender a cozinhar. Você é péssimo, não sabe nem fritar um ovo. A sua cozinha nem faca que presta tem.

Você está decidido em um mês sair um chefe Gourmet. Primeira parada, Goggle.

Como aprender a cozinhar?

Depois de blogs e mais blogs você decide economizar seu tempo e a sua paciência. Você vai atrás de um curso online.

Nessa busca toda você se depara com o Funil de Vendas da Maria do Filé.

A primeira página a Maria te oferece um guia de como comprar o melhor Filé, mas não só o corte, mas sim como olhar para a carne e saber que ela é boa, fresca e saborosa.

Você decide baixar esse guia em troca do seu e-mail. A Maria que não é tonta, te leva para a segunda página, onde ela tem um vídeo onde ela mostra todas as carnes, e como saber se elas são boas… estou falando do peixe, da galinha, etc (não tenho noção porque escolhi carnes, morro de dó dos bichos, mas já que comecei com esse exemplo vamos terminar).

Você acha aquilo tudo ótimo, e decide comprar esse vídeo que te dá vários bônus também. Afinal custou baratinho somente R$57.00 reais

Você clica e tchan tchan, é levado para a terceira página, onde a Maria te da receitas exclusivas, com vídeos exclusivos e descontos nos melhores açougues da sua cidade! Você quer acabar com o seu sofrimento, e vai lá e compra por R$157.00

O que te leva para a quarta página, que é o workshop da Maria! Você já empolgado, feliz, e radiante vai lá e compra por somente R$457.00!

O que te leva para a última página, que é a Maria te oferecendo uma aula exclusiva prometendo que você vai aprender a ser um chefe gourmet em menos de 1 dia! Pela bagatela de R$2.597,00!

Você não pensa duas vezes! Ser um chefe gourmet em um dia! Você vai lá e COMPRA!

Bem vindo à escada de valores da Maria…

Ela percebeu que o mercado precisava de uma solução e ela entregou, do começo ao fim.

Todo mundo vai comprar todas as fase? Não. Mas isso não interessa, se ela tiver uma pessoa que compre ela já pagou pelo tráfego daquela semana.

O que nos leva a próxima questão… por que quando fazemos uma propaganda e vendemos o mesmo tanto que pagamos para o tráfego, essa situação é uma situação de um millhão de dólares?

No próximo post eu conto!

A Arma Secreta E Grátis Do Marketing Digital

Todos nós sabemos o quanto é importante saber sobre o nosso mercado e tudo que está acontecendo dentro dele.

Agora como fazer isso sem ter que ficar horas pesquisando e checando Google?

Imagina o seguinte cenário, você decidiu entrar no mercado digital do seu nicho, por exemplo personal trainer. Você começou a sua pesquisa e descobriu todos os seus competidores, e até mesmo aqueles que podem ser seus parceiros.

Personal trainer é um mercado enorme, tem gente de todos os tamanhos e formas. Você fez uma lista de mais ou menos uns 50 competidores, e mais 20 que podem ser seus parceiros.

A regra em qualquer mercado é saber o que a indústria está oferecendo, como as pessoas estão respondendo para que você possa criar ofertas que respondam um problema existente.

Até aí tudo lindo, todos nós sabemos disso.

Agora como você vai ficar a par de tudo isso, além de criar seus produtos e cuidar da sua família, e ter aquele momento relax que todos nós precisamos?

Se você for checar competidor por competidor, vai ficar tão ocupado que não vai ter tempo de tomar banho. Se você não checar seu mercado vai ficar para trás.

Ok. Você já entendeu que precisa de uma estratégia.

Uma ajudinha eletrônica.

E é por isso que eu estou escrevendo esse blog post.

Eu venho usando essa ferramenta grátis para ficar a par do meu mercado, e tenho que dizer, ela me deixa ainda mais focada no que é importante.

É como se fosse um mestre dizendo olha aqui o que aconteceu hoje com essa pessoa, amanhã pode ser você.

Para usar essa ferramenta você precisa saber quais são as keywords da sua indústria. E também os nomes dos seus competidores.

Qual é essa ferramenta que eu estou falando, que está lá, de graça, e é uma das mais poderosas fontes de informação para qualquer nicho?

Preparado?

Essa ferramenta é chamada Google Alert.

Todos os dias querido Google Alert vai te lembrar que seus competidores estão se mexendo e que você precisa se mexer também.

Vai te mostrar o que o mundo está fazendo com os problemas que estão aparecendo. Além disso vai te mostrar quem está conseguindo se sobressair e quem está afundando…

Não subestime o poder do Google Alert. Parece simples e inocente, mas é a informação que ele vai te enviar todos os dias que fará a diferença em todo o seu negócio.

Então faça um favor para você mesmo, se você quer crescer e dominar a área digital do seu nicho comece a usar Google Alert agora mesmo!

Se você é um especialista e quer entrar no mundo digital me siga na mídias sociais. Minha missão é ajudar todos os especialistas para que eles possam ajudar o mundo.

Juntos e avante!

Será que cursos digitais vão substituir faculdades?

Você já pensou em estudar algo online? Eu já fiz um curso para trabalhar em agência de viagens a cerca de 10 anos atrás. Esse era o começo desse mercado multibilionário, e eu não tinha menor ideia que estava fazendo algo que no futuro iria mudar o rumo da história.

No mundo da língua inglesa são oferecidos cursos online sobre tudo que você pode imaginar. Desde domador de cachorros até como fazer um jardim de ervas.

Agora qual o motivo de alguém optar por comprar um curso online?

Eu estava conversando com uma amiga da Malásia contando sobre meu empreendimento. Disse para ela, imagina que você precisa aprender mais sobre como cuidar de crianças com necessidades especiais, essa amiga trabalha nunca creche.

Qual seriam as suas opções?

Ir fazer uma pós graduação que demora e custa caro, ou comprar livros e pesquisar na internet o que você puder.

Nenhuma dessas duas opções é o caminho mais fácil.

Qual seria o caminho mais fácil?

Imagina que uma senhora de 50 anos trabalhou em creche para crianças especiais por mais de 30 anos, e ela está pronta para se aposentar.

Essa senhora se chama Marina, e a aposentadoria dela não é muito alta, mas ela vai sobreviver. O que é totalmente ok, mas poderia ser melhor.

Dona Marina tem uma filha que trabalha com mercado digital, e disse a ela que seria uma ótima opção transformar toda aquela experiência em um curso online.

Foi isso que Dona Marina fez, ela colocou todo conhecimento dela em um curso de 6 semanas, onde explicou tudo que aprendeu nesses 30 anos.

Agora pensa no seguinte, essa minha amiga precisa melhorar a sua capacitação. Não é questão de certificado, mas sim questão de ser uma profissional melhor e lidar com situações de maneira efetiva. Assim quando Manuel a criança com autismo começar a ter um ataque de raiva ela vai se lembrar dos ensinamentos da dona Marina e vai saber o que fazer.

Pense que se ela tivesse feito uma pós graduação quanto tempo isso iria demorar? E se ela estivesse pensando apenas no certificado, ela poderia ter escolhido um curso extremamente complicado que não teria ajuda nos assuntos do dia a dia.

Por outro lado se ela tivesse apenas se dedicado a pesquisar na internet, ela não saberia se o que ela estava aplicando era certo ou errado, se iria funcionar ou não.

Esse é o poder de cursos online. Conhecimentos que podem ser transmitidos como os povos do passado onde quem tinha experiência ensinava os outros.

Hoje estamos entrando na era digital desse tipo de ensinamento.

Cursos online estão mudando o formato da educação no mundo inteiro.

Se você tem um conhecimento e sabe que o mundo precisa então e a sua obrigação criar um curso online e vender para quem precisa saber dessa solução.

Para saber como fazer isso continua comigo pois é exatamente sobre isso que eu quero conversar!

Até lá e bora fazer esse mundo um lugar melhor para todos nós… um curso online de cada vez!

O que é marketing digital?

É fato dizer que a bola do momento é o marketing digital. Já foi-se o tempo em que empresas tinham que imprimir panfletos e ficar na rua distribuindo aquele papel inútil que só faz sujar a nossa cidade.

Hoje o marketing virou digital, e quando falamos de marketing digital existe uma confusão imensa.

Afinal, o que é marketing digital?

Para explicar o que é marketing digital é preciso explicar todos os outros marketings que fazem parte do marketing digital.

Vamos começar pelo marketing de mídia social que é uma das maneiras de se praticar marketing digital. Essa é com certeza uma parte fundamental do marketing digital. Se você quer ter presença digital é necessário estar nas mídias sociais.

O que nos leva para a segunda parte, que é o marketing de conteúdo. Hoje em dia o consumidor está muito mais esperto, ele sabe que ele tem o poder, e que, se quisermos transformá-lo em consumidor ativo precisamos oferecer valor. Para isso temos que oferecer conteúdo.

A maneira que oferecemos conteúdo determina o engajamento do cliente. Por exemplo, se eu oferecer conteúdo incrível no YouTube, mas não tiver um produto para vender, eu estou apenas sendo uma pessoa legal para minha audiência, e uma besta comigo mesma. Todo esse trabalho para que se eu não estou focando nas vendas??Continuando…

A maneira mais efetiva que os profissionais do marketing digital internacional usam é a criação da lista de e-mails. E por meio desta lista eles oferecem conteúdos e promoções.

Existe também os blogs que oferecem o conteúdo e podem também servir de plataforma para promoções de produtos.

Falando em blogs, os banners são o que chamamos de marketing direto e está conectado com os cookies e os pixels do Facebook. É por isso que você procura uma bolsa no Google e no segundo seguinte tem uma enxurrada de bolsas pulando em cada banner disponível na internet.

Por fim tem o marketing de afiliados onde você usa outras pessoas para vender seu produto. Ou você usa o produto de outras pessoas para fazer dinheiro. Essa é com certeza uma das maneiras mais eficientes de fazer o tal chamado marketing digital.

Plataforma

O marketing digital é fundamental caso você queira que seu negócio vá para o próximo nível. Mas, agora, se você não tiver uma plataforma que venda os seus produtos todo o esforço vai por água abaixo.

Quando você junta todos os aspectos do marketing digital, todos eles devem levar o seu cliente em potencial para o seu funil de vendas.

Não faz sentido gastar tanto tempo e energia e morrer na praia.

O seu perfil na mídia social deve ter um link para o funil de vendas, o seu canal no YouTube deve levar os seus clientes ao seu funil de vendas, assim como seus e-mails e seus conteúdos que devem ser todos relacionados aos produtos que você está oferecendo no funil de vendas.

Agora escute isso, se você não tem tempo, paciência, assunto ou vontade de fazer toda essa parafernália do marketing digital tenha em mente somente uma coisa.

FUNIL DE VENDAS

Com um funil de vendas bem estruturado as suas vendas aumentam e você pode gastar mais no seu marketing digital e fazer a sua empresa crescer.

Assim, o seu marketing digital se transforma numa máquina de fazer dinheiro, não somente uma tentativa de aumentar a visibilidade da sua empresa.

Você transforma seu marketing normal em marketing direto digital.

Existem muitas outras explicações mais técnicas com mais profundidade espalhadas pela internet. Mas, basicamente, marketing digital é quando você convence a pessoa que você tem a solução para o problema dela.

Qual é esse problema? Aí que entra a arte do marketing digital, sem estratégia e foco uma empresa acaba por apenas perder tempo e dinheiro.

Marketing digital tem que ser marketing direto. Marketing direto precisa de um funil com sequências chamada em inglês Value Ladder.

Se você se interessou pelo assunto e quer saber mais entre para minha lista e me siga nas mídias sociais, eu prometo que seu tempo será bem gasto e será uma honra poder te mostrar tudo que está acontecendo no mercado internacional.

Você vai ter que ter paciência, porque além de fazer marketing digital eu cuido da minha casa e família… então as vezes eu vou estar um pouco mais ocupada com a vida real!

Oferta e Produto: O Sistema Que Muda O Destino Do Seu Negócio Online

Pesquisado o mercado é hora de começar a pensar no seu produto.

Primeiro é crucial entender a diferença entre Produto e Oferta.

Produto é uma mercadoria.

Um DVD, uma xícara, uma peça de roupa.

Se você está no mercado para vender um produto, esse produto tem que ser o

mais barato.

Como diz Dan Kennedy:

“Se você não pode oferecer o menor preço, não há vantagem nenhuma em ser o segundo com o menor preço.”

É um mercado extremamente competitivo e muito estressante. É como comprar algo da China e esperar que o produto chegue, e depois você começa tentar vender para amigos, vizinhos, família, etc… é uma estratégia muito louca! Se você tem o dinheiro e o know-how, ótimo. Agora, se você é como a maioria das pessoas, não possui capital suficiente para investir no novo negócio nem o know-how, essa estratégia de vender um produto não é a melhor para seguir. Ei, se quiser tranquilo, mas modéstia parte essa técnica aqui em baixo é muito mais atual e efetiva!

Preparado para dominar o mercado?

Bora lá…

Mas antes….

Responda a seguinte pergunta: como você se diferencia da concorrência?

Quer saber a resposta? É oferecendo um pacote irresistível!

Vamos desenvolver mais esse conceito, pois com uma boa oferta o seu público-alvo irá confiar em você e essa confiança que ele depositar na sua oferta terá um futuro promissor.

Você tem de entender que oferta é um pacote de itens que estão alinhados com o produto principal e que se complementam mutuamente. Para conseguir criar a sua oferta existe uma técnica ensinada pelo Stephen Larsen que diz o seguinte:

quando você vende um produto, aquele produto vai criar outros problemas que deverão ser solucionados. Por exemplo, se eu for ensinar uma pessoa uma postura muito difícil em yoga como a parada de cabeça. A pessoa terá que fortalecer o abdômen, depois terá que fortalecer os ombros, precisará melhorar o equilíbrio, além de alongar bem a parte de trás das pernas para poder entrar na posição. Eu vou ter que ensinar todas essas posturas para ela, pois sem a preparação ela não será capaz de realizar a postura.

Outro exemplo, se você comprar um computador novo, vamos dizer que você usava um PC com o software Windows e resolveu mudar para o Mac. Você precisará conhecer e

aprender a utilizar todos os softwares que acompanham o Mac e que não estavam no Windows, e se quiser ter a experiência completa, provavelmente, você comprará um iPad, um iPhone e um Watch, todos da Apple.

Observou que quando você decide comprar algo ou aprender algo novo você abre uma cachoeira de outras informações ou produtos?

Uma oferta é isso, um produto que leva a outro produto e assim por diante!

Se você se interessou e quer saber mais das estratégias que estão mudando o formato da internet fica comigo que tem muito mais!!

A Galinha Dos Ovos De Ouro Da Internet – Sites De Assinaturas

Sites de membros

Um dos melhores modelos de negócio online é um site de membros. O nível de estresse é menor, o engajamento com seu público maior, e o volume de trabalho mais gerenciável do que quando o foco é em lançamentos.

Este post é o resumo da aula sobre como criar e manter um site de assinaturas que te traga dinheiro e melhor ainda, que te de muita satisfação.

A primeira parte é definir qual é o problema maior que seu website vai resolver. Isso não quer dizer que seu site será ficado somente em um problema, você pode resolver outros, porém todos devem ser relacionados com o problema maior de todos.

O foco é achar a isca, a história e a oferta que será a base do seu site.

A ideia aqui é poder entregar a solução desse problema de maneira simples e ordenada. Muito conteúdo confunde e não agrada.

Como achar esse problema maior de todos?

Analisar os problemas externos.

Esses são os problemas fáceis de serem observados. Excesso de peso, falta de dinheiro, solidão, etc… a maioria das empresas focam nas respostas dessas questões.

Analisar os problemas internos.

Nesse caso chegamos no âmago da questão.

Por que a pessoa está acima do peso? Porque ela come muito.

Por que ela come muito? Porque ela sofre de ansiedade.

Por que ela sofre de ansiedade? Por que ela não sabe se ela vai ter um emprego amanhã?

E assim por diante até você achar o sentimento que guia toda essa desordem.

A sua posição vai ser dar a resposta para esse estado final.

O que deixa meu cliente acordado de noite? O que tira a sua paz? Qual seu maior medo em relação a essa questão?

Todas essas perguntas são fundamentais para te guiar na direção correta da produção do seu site de assinaturas.

Conectar com a dor e com o coração do seu cliente faz com que a venda seja verdadeira e fácil. Esse é o maior motivo de você pesquisar e destrinchar o estado emocional do seu cliente.

Pessoas não compram logicamente, elas compram emocionalmente.

Depois que essa necessidade foi identificado a próximo passo é decidir qual das quatro razões a pessoa irá usar para fazer assinatura do seu site.

1 – necessidade

Os websites de assinatura que tem mais poder são aqueles que resolvem uma necessidade que não tem fim. Por exemplo: entrega de comidas.

O foco é transformar o seu site em algo que está conectado com os hábitos e rotina da pessoa.

2 – domínio (mastery)

Não importa o quanto uma pessoa pode aprender sobre um assunto, sempre há mais para se aprender.

3 – comunidade

Pessoas gostam de se conectar com pessoas que têm a mesma mente, ideia é conceitos.

4 – diversão

É bem difícil fazer um site voltado para diversão, eles custam caro. Ex: Netflix, Spotify

Foco

O seu site de assinatura terá um foco primário que será uma dessas quatro razões acima, e um foco secundário que será também uma das razões.

Por exemplo um site de receitas saudáveis tem o foco primário como necessidade, ele pode também ter uma comunidade que seria o foco secundário.

O oferecimento de software é uma razão para que as pessoas fiquem mais engajadas e assim não achem um motivo para cancelar seu site o oferecimento de softwares.

No próximo post vou explicar como estruturar o pagamento mensal

Tá Quente ou Frio? O Segredo Para Saber Como Se Comunicar Com Seu Tráfego

Aprender a dirigir tráfego para seu Funil de Vendas é a tarefa mais crucial do seu negócio.

Imagine que você abriu uma loja linda, gastou todo o seu dinheiro, o da sua esposa e ainda dos seus pais. A sua loja é com certeza uma das mais especializadas, organizadas, limpas e com os melhores vendedores, só que a localização… bem a localização é péssima, as pessoas só conseguem chegar de barco! Tudo bem você conhece muita gente que tem barco, mas a sua loja faz propaganda para pessoas que querem comprar pneus. Você anuncia no jornal local, nas mecânicas e nos supermercados, todas as propagandas são iguais, para aqueles que te conhecem e aqueles que nunca ouviram falar de você.

Em dois meses você fecha as portas. 

Você pensa quem pode ser tão amador e abrir uma loja numa ilha sem clientes.

Eu quero acreditar que isso não acontece no mundo online, mas pelo meu inbox eu posso ver que acontece sim .

Eu desejo que este post possa esclarecer muitos pontos referentes a segmentação de emails e seus resultados.

Conversar com as pessoas certas da maneira correta vai definir seu sucesso ou seu fracasso. 

Por que é importante entender o tipo de tráfego? E como chamá-lo para seu Funil de Vendas? 

Vamos direto ao ponto…

Cada tipo de tráfego, ou público tem uma idea sobre o que você está vendendo. Veja a figura abaixo. 

classificação de tráfego

O tráfego frio não sabe nada, não entende nada e muitas vezes não tem ideia sobre o problema que você está solucionando. É possível converter esse tráfego mas você precisará educá-los.

O segundo é o morno, ele sabe que tem um problema mas não conhece a sua solução.

O terceiro sabe de tudo! Te conhece, sabe do problema e busca a solução. Este é a sua lista de e-mails.

Russell escreve no seu livro DotCom Secrets uma frase de Gene Schwartz que ensina como fazer cada título das suas campanhas de acordo com a temperatura do tráfego: 

“Se o seu prospecto está consciente do seu produto e ele sabe que será a resposta para seu problema a sua manchete deve começar com o produto. Se ele não conhece o produto, mas apenas sabe que tem o desejo de solucionar o problema, a sua manchete começa com o desejo. Se ele não sabe o que quer, mas tem uma preocupação geral, sua manchete começa com o problema e se cristaliza ao final em uma necessidade específica”. 

Para esclarecer ainda mais Russell explica sobre as temperaturas e como você se comunica com cada uma: 

1 – Tráfego Quente

São pessoas que já te conhecem. Elas estão na sua lista de emails, elas escutam seu podcast, leem seu blog e compram seus produtos – elas já tem uma relação estabelecida com você. 

A sua comunicação com esse público é pessoal, você se direciona a eles como amigo, ao final das contas vocês são conhecidos. 

Com eles você dividirá histórias, suas opiniões e deixará que eles entrem um pouquinho na sua vida privada. 

Aqui você vai usar uma sequência de emails para cimentar a sua relação com o seu prospecto, assim que eles entrarem para sua lista você enviará uma sequência de e-mails que ajudará na construção da relação e confiança entre vocês. 

2 -Tráfego Morno 

Essa parte do mercado é formado pelas pessoas que não te conhecem mas conhecem alguém que seja parte do seu círculo de influências. Nessa fatia ações como empreendimento em conjunto podem dar muitos frutos. Programas de afiliados são especialmente eficazes com esse público. 

Aqui entra na categoria uma pessoa que tenha credibilidade e seja dona de uma lista. Tráfegos do Facebook, Instagram, Youtube e Twitter são categorizados como morno. 

Historicamente Direct Mail já usava está técnica de enviarem campanhas de outras pessoas para seu público. Hoje o mercado online usa afiliados para este tipo de campanha ou então influenciadores.

A sua campanha aqui tem que ser um pouco mais longa do que para o tráfego quente, mas não muito. Tudo que eles precisam é uma garantia de alguém que eles conhecem, e-mail funciona bem, mas pode ser um vídeo, artigo ou qualquer outro tipo de comunicação que a personalidade que eles confiam queira enviar.

3 – Tráfego Frio 

Aqui as pessoas não tem ideia de quem você é, não sabem o que você oferece ou se podem confiar em você. Estas são geralmente as pessoas que clicam no seu banner, ou na propaganda paga no Facebook. Eles cruzam o seu caminho por acaso, por isso é importante usar a técnica mais apropriada. 

Eu vou fazer um artigo voltado somente para tráfego frio. Aqui a técnica é mais complexa, mas se você conseguir domina-la seu negócio vai crescer exponencialmente.

Agora que você entede a temperatura do tráfego, é bom saber de onde ele vem… de acordo com Russell Brunson em existem três maneira que você consegue tráfego. 

1. O tráfego que alguém é dono: por exemplo, se você for na página do Facebook de alguma pessoa que trabalhe com a mesma área que a sua, esse tráfego é dela. Então, como conseguir acesso a essas pessoas? Fácil! Entre na página dela e comente com conteúdo e que faça a diferença na vida das pessoas, seja gentil ou engraçado. Tenha em mente que você deve ser útil. Na sua página tenha todos os dados do seu novo empreendimento. Essas pessoas a quem você responde ficarão curiosas a seu respeito e, provavelmente, acessarão a sua página. Esse tipo de tráfego é gratuito, mas é poderoso. Requer mais tempo, mas mesmo assim vale a pena tentar. 

2. O time que você quer ao seu lado: Imagine que você está montando um time de futebol e você pode convocar qualquer jogador que queira, mas nenhum deles te conhece nem nunca ouviu falar de você. Como você fará com que eles falem com você? Primeiro, você faz uma lista com os nomes, depois uma outra lista sobre o que eles gostam, qual tipo de comida, como eles se divertem, etc. Para o seu time dos sonhos do seu negócio você fará o mesmo. Procure se informar sobre todas as personalidades que possuem um grande público e que tem o mesmo perfil que os seus clientes perfeitos. Quando você tiver a lista pronta, informe-se sobre todos os assuntos que eles estão dizendo, seja em podcast, YouTube, Facebook, Instagram, tudo! Com as informações certas em mãos será mais fácil convencê-los a te ajudar, você pode ser entrevistado por eles, ou eles podem te ajudar como afiliados. Essa técnica leva tempo mas é necessária!! 

3. O tráfego que você é dono: a sua lista de e-mails é o tráfego que você é dono. Esse é o melhor tráfego, foi por causa desse tráfego que eu comecei a estudar ClickFunnel e Funil de Vendas. Para conseguir esse tráfego a maneira mais eficiente é ter um lead magnet, algo que você de graça e em troca receberá os dados da pessoa. 

A sua lista de emails será a fonte mais importante do seu negócio. Os clientes que estão nela já conhecem a sua história, acreditam no seu produto e assim tem uma grande tendência de comprar novamente. 

Para crescer a sua empresa e aumentar suas vendas Você precisa saber a temperatura do seu trafego e onde acha-lo. Com as informações acima ficará mais fácil categorizar e assim sistematizar a automação de e-mails. 

Você sabe que uma pessoa veio do Facebook, ela vai receber a sequencia de e-mails para o tráfego morno, se a pessoa veio de um banner de um website que não oferece muita informação sobre a sua solução esse tráfego pode ser considerado frio, ou seja sequência de e-mails seria muito mais educativa. 

Espero que você tenha percebido a importância da segmentação do seu pública e como a sequência de emails poderá transformar a sua empresa. 

Se você gostou desse artigo me faz um favor? Deixa um like ou um comentário. 

Tem outras dúvidas sobre a estratégia para seu Funil de Vendas?

Quer saber como o Funil de Venda em inglês funciona? Ou as etapas para Funil de Vendas?

Adoraria ouvir de você! 

De qualquer maneira, obrigada por ler meu artigo!

Fique em paz e até a próxima.

Seu Cliente Tem que Ser Legal

Esteja Apaixonado Pelo Seu Cliente 

Vou direto ao assunto. Já imaginou atender aquela pessoa chata, que demanda seu tempo, não faz nada do que está sendo proposto e ainda quer resultados? 

Eu trabalhei muito tempo em vendas e atendimento ao consumidor numa empresa que vende cursos de inglês. O nome da empresa é Kaplan International, a Kaplan domina juntamente com a EF o mercado de intercâmbio para quem tem dinheiro e quer aprender inglês de verdade. 

Eu trabalhei com o mercado brasileiro, nosso escritório era o HeadQuarters de todo o grupo, o que significa que nós lídavamos com o mercado mundial. 

Nós tínhamos TODOS os mercados do mundo, Russo, Asiático, Italiano, Mexicano, Espanhol, você pensa num país, nós tínhamos vendedores focados neles. 

Por que eu estou contando isso? O mercado brasileiro era um dos que dava mais trabalho. Quando eu digo trabalho eu quero dizer, pergunta depois de pergunta, nós mandavamos os informativos e as perguntas voltavam, e elas eram referentes a muita coisa que já havia sido explicado. Muitas pessoas demandavam coisas absurdas como café da manhã com pão de queijo, ou leite de amêndoas. 

Eu tinha que vender para quem entrasse em contato conosco, a Kaplan não trabalhava com o conceito de cliente dos sonhos, ela fazia o marketing geral como toda grande empresa. 

Quando eu pegava uma pessoa bacana, meu dia estava feito. Eu passava horas explicando tudo que eu podia, porque eu sabia que as perguntas eram genuínas. A pessoa não estava me perguntando informações que eu já tinha dado. 

Agora a vontade era pouca quando eu pegava uma pessoa que exigia que eu respondesse TUDO que ela queria. Aquela ideia que eu estou pagando eu exijo ser atendido. 

Eu me lembro de um pai que estava mandando a filha para estudar em Nova Iorque, e queria que ela ficasse na residência que nós tínhamos. O problema é que não havia disponibilidade, eu consegui reservar 3 semanas, mas havia uma que estava lotada e não abria de jeito nenhum. Você acha que esse pai entendeu a situação? Claro que não, ele me ligava constantemente exigindo que eu encontrasse um quarto para a filha dele. O homem foi ficando cada vez mais bravo, e eu tentando explicar a situação, dizendo que o MUNDO todo reserva naquela residência e que eu poderia sim colocá-la num homestay naquela semana, depois ela voltava. Ele ficou indignado e exigia com pouca educação que eu achasse um quarto para ela. 

Para terminar a história, o homem ficou tão bravo que desligou na minha cara. 

Eu estava apenas fazendo meu trabalho, mas ele não via isso. 

Concorda comigo que esse tipo de cliente é um terror? Se eu pudesse escolher eu jamais atenderia alguém com tal atitude. 

É por isso que quando você está estabelecendo o seu negócio (funil de vendas) é necessário escolher um perfil que seja bom para você, não apenas para o seu negócio. 

Você quer acordar todos os dias feliz por estar servindo pessoas que te dão valor, que apreciam o que você está fazendo. 

A parte mais importante de escolher quem vai servir é saber que essas pessoas estão na mesma sintonia que você. 

Imagine vender cursos de comida vegana para pessoas que fazem a dieta cetogênica! Ou mesmo ensinar como fazer funil de vendas para pessoas que não sabem o que é um funil de vendas. 

É possível atender pessoas assim? É, mas vale a pena? Não! 

O estado mental do seu cliente é tão importante quanto o seu, vocês precisam acreditar em coisas parecidas, ter valores parecidos. 

A psicografia é mais importante do que a demografia. 

Pense com quem você quer se relacionar todos os dias. Anote todas as características, pois serão essas pessoas que você servirá. 

Você tem que estar apaixonado pelos seus clientes para que eles possam alcançar os resultados que você deseja para eles.

Abaixo está uma lista que você pode considerar quando for definir os seus clientes, ela vem de Stephen Larsey, ele é especialista em Funil de Vendas e criação de ofertas e não gosta de chororô: 

Ele explica o seguinte: 

  • A pessoa tem que estar comprando e usando produtos do oceano vermelho 
  • Eles tem que estar ciente da solução, do problema e estar sonhando com os resultados 
  • Tem que saber sobre o problema, tem que conhecer e entender o porquê deles estarem passando por aquele problema 
  • Devem usar um produto do oceano vermelho e estarem desacreditados pois não estão vendo resultados 
  • Personalidade esperançosa, assim eles vão fazer o que for preciso para solucionar o problema 
  • Eles são compradores e agem com atitude, não precisam serem levados passo a passo
  • Tem pensamento de vencedor 
  • Já tem experiência na área e estão calejados, não são chorões 
  • Já experienciaram muito o que está no mercado do oceano vermelho
  • Gostam de comentar e falar sobre a vida deles e seus resultados 
  • São confidentes e tem experiência 
  • São sonhadores 

Esses são as características das personalidade que Stephen considera quando ele está desenhando uma nova oferta. Claro que você não precisa usar as mesmas, é apenas um exemplo para que fique fácil entender como definir a personalidade de seus clientes. 

Só porque você está vendendo algo não significa que você aceita todo os chatos como clientes, você quer que as pessoas que estejam usando seus produtos tenham resultados incríveis, para isso você precisa saber quem você quer servir, só assim você vai conseguir resultados para seus clientes. 

Gostou do meu texto, acredita que minhas dicas podem ajudar na criação do seu Funil De Vendas Perfeito. 

Iria amar te ter no meu grupo do Facebook onde temos pessoas com vontade de vencer e atitude. Se você é um de nós entra lá! 

Clique aqui para acessar o grupo